Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Secções
Ferramentas Pessoais

FRANCISCO MARQUES VAI APRESENTAR O QUARTO VOLUME DE “ALGUNS LIVROS DA ...

2019-12-14 16:00 20:00
Entrada Livre

No dia 14 de dezembro, sábado, pelas 16h00, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos, Francisco Marques vai lançar o quarto volume de “Alguns Livros da Minha Biblioteca e Outras Histórias”. O livro e o autor serão apresentados pelo Doutor Luís Carlos Amaral, professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Exercendo a advocacia há perto de cinquenta anos em Barcelos, Francisco Marques é um apaixonado pelos livros, possuindo uma biblioteca, onde se encontram obras de grande valor. Podemos dizer que estamos perante um grande bibliófilo.

Segundo refere J. M. Martins Ferreira, o autor não baseia os seus estudos nas versões digitais dos antigos clássicos que agora estão abundantemente disponíveis em repositórios como o Internet Archive ou o Google Books. Ele compra os originais, muitas vezes velhos de séculos, e estuda-os com um interesse que só pode ser compreendido por quem já o viu com eles nas mãos enquanto conta as suas histórias.

Neste seu quatro volume apresenta-nos estudos de obras de Cataldo Sículo, “Epistole et orationes quedam Cataldi Siculli”, um incunábulo impresso em Portugal, já que os incunábulos existentes na sua biblioteca, impressos no estrangeiro, foram publicados no primeiro volume, Nicolau Clenardo, João Vaseu, Lúcio André de Resende, D. Frei Marcos de Lisboa, D. Frei Álvaro Pais, Frei Pantaleão de Aveiro, Juan de Mena, Dante Alighieri, Francesco Petrarca, Giovanni Boccaccio, Geofrey Chaucer, John Lydgate, Iehan Froissart, D. Frei Bartolomeu dos Mártires, agora tornado Santo, e Frei Francisco de Barcelos.

Da Ordem de S. Jerónimo, onde chegou a ser Provincial, Frei Francisco de Barcelos nasceu em Barcelos, por volta de 1500. É autor do livro “Salutiferae Crucis Triumphus”, datado de 1553 e saído dos prelos dos tipógrafos régios, em Coimbra, João Barreira e João Álvares.

A obra começa com a carta nuncupatória, dirigida por F. Francisco de Barcelos a D. Brás, primeiro bispo de Leiria. Este bispo, também conhecido por Frei Brás de Barros ou de Braga – pois era de Braga -, primo de João de Barros e tio de Gaspar Barreiros, era confrade e grande amigo de Frei Francisco.

O padre Frei Francisco de Barcelos, nessa carta, enaltece o papel primordial que Frei Brás de Barros e os seu confrade Frei Diogo de Murça, que foi Reitgor da Universidade, teve na implantação dos Estudos em Coimbra por D. João III.

 


41.5304626033841,-8.62002990663143

Férias de Verão 2020

2020-07-06 09:00

Durante a interrupção das atividades letivas e de forma a promover a ocupação dos tempos livres das crianças e jovens do concelho, o Município de ...