Exposições

Alma Portuguesa

Galeria Municipal de Arte • 02 jul. • 02 out.

“A pintura de retrato pretende conservar a memória da pessoa amada ou admirada (…). O artista tenta restituir à imagem visível o invisível de uma personalidade, num complexo conjunto de registos como a força de um olhar”. Estas são palavras de Do Carmo Viera, a autora que traz a Barcelos a sua “Alma Portuguesa”, uma exposição de pintura que apresenta 59 obras da sua rica e diversificada produção artística. 

Nota biográfica

Do Carmo Vieira (1956), natural de Vila Pouca de Aguiar, vive em Gondomar. É licenciada em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, onde frequentou o Mestrado em Pintura. A pintura é a forma de expressão da sua arte, tendo como tema principal a condição humana. Tem abordado outras técnicas como a gravura e livros de artista. Está representada nos seguintes espaços: Palácio dos Correios (átrio Escultor José Rodrigues), no Porto; Espaço Miguel Torga, em S. Martinho de Anta; Museu Municipal de Espinho; Biblioteca Municipal de Espinho; “Encontrarte” Amares; Fundação Manuel António da Mota, no Porto; Tribunal da Relação do Porto; e coleções particulares. Tem participado em diversas exposições individuais e coletivas.

Principais exposições individuais:

2021 – “Com Alma Portuguesa”, TINTURARIA GALERIA DE EXPOSIÇÕES, Covilhã; “Retratos de Autores Portugueses”, Festival Literário da Lourinhã; “Arte Lusófona” no âmbito das comemorações do dia 5 de maio – Dia Mundial da Língua Portuguesa e Cultura na CPLP. 2019 – “Olhares Sem Tempo”, AMI Arte, Porto; “Memórias”, Espaço Tenente Valadim, Porto; “Retratos de Autores Portugueses”, Biblioteca Municipal de Albergaria-a-Velha; “Desempacotar a Cultura”, 3.ª Bienal Internacional de Arte Gaia 2019; “Retratos de Autores Portugueses”, Biblioteca Municipal de Lousada. 2018 – “Retratos de Autores Portugueses”, Biblioteca Municipal de Ovar. 2017 – “Memórias” Espaço Miguel Torga, São Martinho de Anta (artigo publicado no Expresso online sobre a exposição https://expresso.pt/cultura/2017-01-07-Ageografia-das-almas); “Silêncios”, Casa Branca de Gramido, Gondomar.

Permanente

02 jul. • 02 out.

Horário

terça a sexta-feira | 10h00 às 17h30
sábados, domingos e feriados| 14h00 às 18h00

Galeria Municipal de Arte

Município de Barcelos - Galeria Municipal de Arte

Promotor

Adicionar ao Calendário