Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Secções
Ferramentas Pessoais

Cinema | ZOOM | A Dama e o Vagabundo | Yevgeni Slavinsky e Vladimir ...

2018-06-01 21:30 23:00
Teatro Gil Vicente | | Barcelos
Gratuito

Recôndito e inusitado filme, este, sem aparente distribuição comercial no nosso país, ao qual, Yevgeni Slavinsky e Vladimir Maiakovsky, os respectivos realizadores, atribuíram como título Baryshnya i khuligan (1918). Sem tradução oficial conhecida, tal incumbência deixou-nos, à partida – à semelhança, por exemplo, o exemplo francês “La Demoiselle et le Voyou”, cuja cópia hoje apresentaremos, ou do inglês, “The Lady and the Hooligan” - algumas possibilidades. Rejeitando, todavia, uma aproximação fiel que, como se vê, seria: “A Jovem Senhora e o Rufia”, arruaceiro ou afim, antes optamos – deliciados, porventura, com a possibilidade de alguém, mais incauto, vislumbrando a hipótese de ver ou rever o célebre filme do americano Walt Disney, se deparasse subitamente com o ora proposto – pela célebre tradução que entre nós se atribuiu ao filme do citado autor americano “Lady and the Tramp” (1955). Vindo quem venha, cautelosa ou imprudentemente, ao engano ou não, é nosso intuito dar a ver a vibrante presença do realizador, argumentista e protagonista deste filme, o poeta russo, louvor da Revolução de Outubro, suicida aos 37 anos - VIadimir Maiakovski. Poeta que será recordado, antes da verdadeira razão maior do presente evento: a projecção do filme sob uma composição de KRAKE, alter-ego e projecto a solo de Pedro Oliveira, concebida exclusivamente para Baryshnya i khuligan, e que será nesta data apresentada ao vivo. Eduardo Figueiredo


41.52963882932862,-8.621851745992899

MÚSICA NO SALÃO 2018

2018-01-07 21:30

Valorizando o património musical, a Câmara Municipal de Barcelos promove um ciclo de concertos no Salão Nobre dos Paços do Concelho, intitulado ...